Turismo a serviço da geração de empregos

Assunto: Fotos Aéreas Local: São Paulo - SP Data 02/2012 Autor: Juvenal Pereira

Janeiro é um mês de comemoração para Guarulhos. No último dia 20 o Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos – Governador André Franco Montoro, completou 31 anos de operação. Vale destacar que no ano passado registrou um movimento de mais de 39 milhões de passageiros e constitui-se no principal portão de entrada do País.

“É um orgulho para todos nós que fazemos parte da cadeia produtiva do turismo cumprimentar os 1700 funcionários da administração do GRU Airport, além dos 45 mil profissionais da comunidade, companhias aéreas e pessoas que compõem o funcionamento do aeroporto”, ressalta o secretário estadual de Turismo, Roberto de Lucena.

O titular da Pasta ainda recorda  que tudo começou no dia 20 de janeiro de 1985, quando um Boeing 747-200 da Varig, procedente de Nova Iorque, pousou em Guarulhos, inaugurando oficialmente as operações do aeroporto e do primeiro terminal de passageiros. “Trata-se de um grande exemplo de como a atividade turística é importante na geração de empregos, e segundo a Organização Mundial de Turismo (OMT)  um em cada 11 integrantes da população economicamente ativa, no mundo de hoje, está ligada à indústria do turismo, totalizando 277 milhões de empregos”, observa Lucena. Em Guarulhos, especificamente, estima-se que se utilizam da rede hoteleira, mensalmente, 30,5 mil hóspedes e que o número de turistas chega em torno de 36 mil por mês.

Pelos caminhos deste setor, importante destacar que o turismo movimentou R$ 492 bilhões no Brasil no ano de 2014, entre atividades diretas, indiretas e induzidas, de acordo dados divulgados pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC). O montante representa 9,6% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional e leva em conta que o setor teve investimentos de R$ 59,6 bilhões no País. Segundo dados da consultoria internacional, o turismo respondeu por 8,8 milhões de empregos diretos e indiretos no país em 2014, ou 8,8% do total de postos.

Tem mais: segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, o  serviço de Alimentação é o que mais contribui com empregos formais no turismo no Brasil, oferecendo 378,6 mil empregos. É seguido, por Alojamento, com 256,3 mil postos de trabalho e Transporte terrestre, com aproximadamente 198 mil ocupações. A distribuição do total das ocupações (formais e informais) é distinta entre as regiões e os estados. Em dezembro de 2013, a região Sudeste respondia por 51% das ocupações no setor turismo, seguida pelo Nordeste, com 23%; Sul, com 13%; e, no mesmo patamar, as regiões Norte e Centro-Oeste, com cerca de 7%.

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações