Terceirizados da Câmara recebem apoio do deputado Roberto de Lucena

Os funcionários terceirizados que fazem a limpeza e conservação do Anexo IV da Câmara dos Deputados, solicitaram apoio ao deputado Roberto de Lucena (PV-SP), nesta quinta-feira (11), para que intermediasse na solução de graves problemas denunciados pela categoria.

Segundos os trabalhadores, as obrigações contratuais com a empresa que atualmente presta serviços para a Câmara dos Deputados e com a antiga não foram e não estão sendo cumpridas. Ainda de acordo com a comissão dos funcionários, benefícios como o INSS, FGTS, PIS e abono família não foram  recolhidos.

Prontamente o deputado Roberto de Lucena agendou uma reunião entre o diretor geral da Câmara dos Deputados, Sr. Rogério Ventura Teixeira, e os trabalhadores. Segundo o diretor, a Câmara só faz o pagamento às empresas terceirizadas mediante a apresentação do recolhimento dos direitos dos trabalhadores. “A informação que temos de nosso departamento é que os comprovantes foram entregues. Mas com essa denúncia dos trabalhadores, vamos averiguar e chamar a empresa para esclarecer”, disse o diretor.

O advogado da Câmara, Eugênio de Borba Amaro, desconhecia a falta de pagamento do FGTS dos funcionários terceirizados e anunciou que vai chamar os representantes da atual empresa e da antiga que prestava serviço para esclarecer as denúncias.

O deputado Roberto de Lucena agradeceu a atenção do diretor geral da Câmara e disse que faz questão de estar presente na reunião.

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações