Semana Farroupilha é destacada por deputado em Sessão Solene na Câmara

Deputado lembrou legado de liberdade deixado por Bento Gonçalves, Antônio de Souza Netto, Giuseppe Garibaldi, Anita Garibaldi, e outros idealistas.

 

O deputado Roberto de Lucena, vice-líder do Partido Verde na Câmara, participou nesta terça-feira (18/09) da Sessão Solene que homenageou a Semana Farroupilha, movimento histórico nacional ocorrido de 1837 a 1838, no Rio Grande do Sul.

 

A guerra

Há 177 anos teve início a Revolução Farroupilha, iniciada em 20 de setembro de 1835 e que durou cerca de 10 anos, onde mais de 10 mil homens e mulheres lutaram para construir uma República no sul do país, livre das amarras do Brasil Imperial. Homens e mulheres que lutaram bravamente contra os abusos das imposições do Poder Central, que além de não reconhecer o valor da gente do Rio Grande do Sul, na luta pela nossa soberania ainda impôs a penalização dos produtos agropecuários, principalmente o charque, com altos impostos e também a expropriação e desvio de recursos acumulados no Estado, na maioria das vezes para pagar dívidas federais junto à Inglaterra.

Roberto de Lucena disse que a mobilização liderada por homens e mulheres como Bento Gonçalves, Antônio de Souza Netto, Giuseppe Garibaldi, Anita Garibaldi, entre outros, transformou-se em um momento de construção e afirmação dos princípios sociais, políticos, econômicos e culturais.

“Entre as principais conquistas sociais que podemos atribuir ao ideal de liberdade apregoado pelos farrapos, temos a libertação dos escravos que participaram da Revolução, mesmo antes da abolição dos escravos, em 13 de maio de 1888, entre 1837 e 1838”, informou.

O deputado aproveitou para fazer uma homenagem a personagens importantes da igreja no Estado. “Em nome do povo de São Paulo, da sociedade paulista e do Partido Verde, eu aplaudo e homenageio, e o faço saudando, muito especialmente ao povo da Igreja O Brasil para Cristo do Rio Grande do Sul, sob a liderança do Presidente da Convensul, Pastor Roberto Machado de Canoas e o Pastor João Manoel Machado de Ijuí”, disse o deputado.

 

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações