Roberto de Lucena solicita reforço policial e operação no bairro do Belém, em São Paulo

Roberto de Lucena solicita reforço policial e operação no bairro do Belém

 

Os moradores do Belém, na capital paulista, têm enfrentado uma grave crise de segurança no bairro. Assaltos à mão armada, furto de veículos e invasão de residências acontecem com frequência diária no bairro. Em resposta à grave situação de insegurança, o deputado federal Roberto de Lucena solicitou providências junto à Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Por meio de dados fornecidos pela Associação Por Um Belém Melhor – que tem colhido informações sobre os casos que acontecem no bairro por meio do depoimento das vítimas – o parlamentar enviou um ofício ao secretário de Segurança Pública, Dr. Fernando Grella Vieira.

No documento, o deputado federal lembra que os moradores, já bastante alarmados, haviam realizado em 10 de março um ato público por mais segurança no Belém. Infelizmente, um mês depois daquele ato o jovem Victor Hugo Deppman foi assassinado em uma rua do bairro.

“Apesar disso, a comunidade do Belém continua sendo atacada por menores infratores como aquele que tirou a vida de Victor. Muitas vítimas relatam que, ao tentar registrar boletim de ocorrência no 81º Distrito Policial, são orientadas a desistir quando não há flagrante. Por isso a situação é mais grave do que mostram as estatísticas oficiais”, denunciou Roberto de Lucena.

No ofício nº 0276/2013, o parlamentar solicita que a Secretaria de Segurança Pública faça estudos verificando a possibilidade de ampliação do efetivo policial no Belém, que hoje é de apenas 11 homens que se revezam em quatro turnos. Ele chamou a atenção das autoridades para a insegurança que atinge principalmente os estudantes que transitam pelo bairro.

“Os estudantes da Escola Técnica Estadual (ETEC) do Parque Belém, na Rua Ulisses Cruz, são assediados por menores portando armas brancas ou de fogo. A intranquilidade atinge também os alunos do Colégio Agostiniano São José, na Rua Marques de Abrantes. Os pais temem que a tragédia que ceifou a vida de Victor se repita com seus filhos”, enfatizou Roberto de Lucena.

Operação Saturação

De acordo com informações da Associação Por Um Belém Melhor, o bairro possui um parque de cerca de 120 mil metros de área verde, dotado de aparelhos de ginástica. Porém, a comunidade não faz uso desta estrutura porque o local se tornou um reduto de criminosos.

Diante da gravidade da situação, o deputado federal solicitou ainda que a Secretaria de Segurança Pública faça estudos verificando a possibilidade de se realizar no Belém uma “Operação Saturação”, ação coordenada da Polícia Militar que consiste na instalação de bases comunitárias em pontos fixos e rondas ostensivas por um período pré-determinado.

“É uma situação da mais alta gravidade. O governo estadual deve agir para evitar novas tragédias no Belém. É por isso que tenho me colocado ao lado daquela comunidade nestes justos pedidos, os quais têm meu total apoio”, finalizou Roberto de Lucena.

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações