Roberto de Lucena ressalta anseio da sociedade brasileira por mudanças profundas no País, revelado nas manifestações em todo o País e repudia atos de vandalismo praticados por minorias

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, não posso me calar neste momento diante dos recentes e presentes acontecimentos que ficarão registrados para sempre na história do nosso Brasil.
As manifestações populares que aconteceram e que têm acontecido nas principais capitais do País mostraram que o povo brasileiro anseia por mudanças, e não mudanças partidárias, eleitorais ou políticas apenas, mas mudanças estruturais, mudanças profundas, Deputada Carmen Zanotto.
Na pauta, apesar da carga tributária que impõe ao brasileiro a condição de trabalhar até quase a metade do ano apenas para pagar impostos, há priorização dos gastos públicos com grandes eventos, mas em detrimento da saúde, da educação, do transporte, da segurança pública.
A corrupção e a impunidade, Deputado Praciano, são uma luta frequente, diária e constante de V.Exa., e, juntamente com V.Exa., de Parlamentares como eu.
O povo brasileiro reagiu. O sereno que cai sobre a terra agora caiu sobre uma terra encharcada. A questão do aumento das passagens em São Paulo foi apenas a gota d’água que faltava para esse grande transbordo.
A maior parte desses manifestantes é formada de jovens – mas não são apenas os jovens que estão nas ruas. Temos visto pessoas de todas as idades, classes sociais, religiões e níveis culturais. O movimento parece saber o que quer e, com certeza, sabe o que não quer.
Em São Paulo, o Governador Geraldo Alckmin e o Prefeito Haddad comunicaram a revogação do aumento das tarifas de ônibus, metrô e trens, e sinalizaram com o diálogo. O Executivo definiu a sua postura em relação ao movimento; o Legislativo, também. O Congresso Nacional sinaliza convocar uma Comissão Geral para ouvir os porta-vozes do movimento e buscar a fina sintonia com os verdadeiros e justos anseios da sociedade.
Tenho dois filhos e uma netinha. Meu filho completa 23 anos neste próximo domingo, dia 23. Universitário, ele é um jovem que me enche de alegria, me enche de orgulho! Pois ele também está nas ruas. E está nas ruas com o meu total apoio e com todo o meu respeito.
A minha amada igreja O Brasil para Cristo, onde sirvo como pastor, apoia as manifestações pacíficas, ordeiras e democráticas que clamam por um Brasil mais ético e mais justo, embora rejeite – como eu rejeito também – e abomine os atos de vandalismo, de violência, que foram praticados apenas por minorias mal-intencionadas e que querem desvirtuar a real finalidade dessa manifestação, deste grito de basta, que é pacífico, que é ordeiro.
Celebro aqui, Deputada Rosane Ferreira, orgulho do Partido Verde, o Brasil que não desistiu de si mesmo. Solidarizo-me com o povo que ainda acredita neste País e que encontrou, nessa forma de manifestação, a condição, a oportunidade e o instrumento para expressar o seu sentimento e a sua visão de país e de mundo.
Que Deus abençoe o Brasil!
Era o que tinha a dizer. Muito obrigado, Sr. Presidente.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações