Roberto de Lucena prevê criação de roteiro turístico para evangélicos

"Teremos um belo programa", destaca Roberto de Lucena

“Teremos um belo programa”, destaca Roberto de Lucena

O 4° Salão Internacional Gospel, que vai até este sábado (6), está reunindo expositores de diversos segmentos. Um deles é o de turismo, representado pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, que investiu em um espaço exclusivo na feira.Em entrevista exclusiva ao Guiame, o secretário Roberto de Lucena disse que a instituição viu no evento uma grande oportunidade de atingir um público tão relevante para diversos setores, que é o povo evangélico.”Os evangélicos representam, hoje, 1/4 da população brasileira, são milhões deles por todo o Brasil.No Estado de São Paulo, a população evangélica cresce significativamente a cada ano. Nós temos 220 mil templos espalhados pelo País. É, portanto, uma parcela significativa e importante da população”, relatou o secretário.Roberto de Lucena ainda ressaltou o quanto essa parcela da população movimenta cadeias importantes da economia. “Haja vista que nós encontramos aqui no Salão, por exemplo, setores além do mercado da música gospel. Temos a literatura, a arte, o mobiliário, a cultura e a tecnologia, todas as áreas se relacionam com esse segmento”, apontou.

Como representante do governador Geraldo Alckmin no evento, Roberto de Lucena também destacou o respeito que o governo do estado tem pelo trabalho desenvolvido pelas igrejas evangélicas e pela iniciativa do Salão Gospel. “A Secretaria de Turismo está presente para apoiar e reconhecer que essa é uma iniciativa brilhante. Em um ano de retração, dúvidas econômicas e instabilidades, onde os empreendedores ficam receosos de qualquer iniciativa, podemos ver um sucesso como este. Imagina o que isso reproduzirá nas próximas edições”, disse o secretário.

Turismo evangélico
Em São Paulo, estão localizadas as sedes das principais denominações evangélicas — fato que torna o fluxo de evangélicos para o estado em algo “natural”, aponta Roberto de Lucena. “O fluxo desses líderes e fiéis de todo o Brasil para a capital de São Paulo, para estarem em sintonia com sua sede e sua liderança, é muito grande.”Diante disso, Roberto de Lucena revela que a Secretaria de Turismo está formulando um novo projeto que irá desenvolver um circuito turístico protestante.

“O circuito envolverá, dentre outras coisas, o que se pretende levantar, que é o Museu da Fé Evangélica, o primeiro cemitério protestante do Brasil, que está aqui na cidade de Iperó, próximo à capital, a parte gráfica da Sociedade Bíblica do Brasil, o Templo de Salomão, e outros pontos que naturalmente são de interesse turístico de todo o povo brasileiro e até do exterior.”

A exemplo disso, o Templo de Salomão, da Igreja Universal, recebe, por dia, o dobro de visitantes do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro — o ponto turístico mais famoso do Brasil. Segundo o jornal Estadão, até o fim de agosto de 2014, cerca de 400 mil pessoas passaram pelo megatemplo da Universal, para ver os cultos ou só para visitá-lo, numa média de 13.300 pessoas por dia. Como comparação, o Cristo recebeu seu melhor público em janeiro de 2014, com 282.625 visitantes, segundo aponta prefeitura do Rio.

“Certamente, nos debruçando sobre esse viés de desenvolvermos um Circuito Religioso Protestante, nós teremos um belo programa, e São Paulo será pioneiro. São Paulo tem o que mostrar, tem o que oferecer e nós temos coisas muito interessantes para mostrar para o Brasil e para o mundo”, conclui o secretário.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações