Deputado posiciona-se contra o aborto e destaca a 5ª Marcha pela Vida


O deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) reafirmou sua posição contra a prática do aborto e destacou o trabalho do Movimento Nacional de Cidadania pela Vida, liderado pelo “Brasil sem Aborto”, que realizou a 5ª Marcha pela Vida em Brasília nesta terça-feira (27/6) com o apoio de outros grupos e instituições.

“Estamos na contramão do planeta. Inglaterra e Estados Unidos, por exemplo, onde o aborto foi há muito aceito, já estão repensando seus posicionamentos. Na época, em que a ideia foi aceita não havia a tecnologia que há hoje. Não era possível ver o feto cobrindo os olhos malformados enquanto uma agulha de tricô tentava matá-lo. Não era possível ver as expressões na face do feto. Não era possível ver pulsar o coração nem fixar os olhos sobre a coluna vertebral em formação no embrião. Poucas pesquisas são mostradas de quantas mulheres a favor do aborto já abortaram e de quantos homens a favor do aborto acompanharam uma mulher de perto nesse processo”, disse Roberto de Lucena durante seu pronunciamento.

O deputado reproduziu as indagações de Circe Cunha, publicadas na coluna de Ari Cunha no Correio Braziliense: “Quanto custa um aborto e quanto custa a prevenção da gravidez? A quem interessa o aborto? Qual o grupo econômico que está por trás disso? Um país que enfrentou multinacionais do fumo vai dar o braço a torcer para quem planta que o aborto é liberdade? Um saco embrionário  não é uma vida?”.

“Saco embrionário é vida sim. Semente vira árvore. Saco embrionário vira gente. Orgulho-me de ser um defensor da vida nesse parlamento. Premissa que me uniu essencialmente ao Partido Verde, do qual sou vice-líder na Câmara. A toda essa discussão de proteção ambiental, acrescento na minha lista apenas o entendimento da necessidade de considerarmos o ser humano como parte integrante do meio ambiente. Assim, protejamos o ovo da tartaruga marinha, bem como o filhote do macaco prego, do orangotango, do mico-leão-dourado. Mas protejamos também a vida humana desde a sua gestação”, afirmou.

Roberto de Lucena lembrou que no Brasil é crime inafiançável atentar contra a vida dessas espécies, mas não o é atentar contra a vida humana, contra a espécie humana. “Há poucos dias o Supremo Tribunal Federal decidiu descriminalizar o aborto de anencéfalos. Declaramos os anencéfalos indesejáveis e consentimos em seu descarte. Brevemente temo que decidamos descartar também aos de Síndrome de Down e outros”, questionou.

O parlamentar falou ainda sobre a produção do anteprojeto de Reforma do Código Penal, apresentado por um grupo de juristas as Senado Federal: “Estamos assistindo a proposição da descriminalização do aborto, com até 12 semanas de gestação, mediante atestado de um profissional médico ou psicólogo, quando a mãe não tiver condições de prosseguir na gravidez. Isso, se não é um atentado à Constituição Federal que assegura em seus fundamentos o reconhecimento do direito da dignidade da vida humana, é, no mínimo, uma das nossas muitas incoerências”.

A Sessão Solene que homenageou o Movimento Nacional da Cidadania Pela Vida e o Brasil sem Aborto, realizada na segunda-feira (25/6) por iniciativa deputados Salvador Zimbalde e Alberto Filho, foi citada no pronunciamento de Roberto de Lucena: “Cerca de 300 pessoas enalteceram e homenagearam o Movimento. Esse belíssimo evento não recebeu o destaque que mereceu, nem o destaque que certamente teria recebido um movimento pró-aborto, infelizmente”.

Ao concluir seu discurso, o deputado destacou a luta e o sofrimento de quem defende essa bandeira. “A Drª Lenise sabe muito bem quanto tem sofrido de perseguições e ameaças pela sua luta intransigente em defesa da vida. Da mesma forma Elba Ramalho, uma das mais importantes intérpretes da música brasileira, bem sabe também quanto lhe tem custado um elevado preço o seu posicionamento radical em favor da vida e contra o aborto. Também a deputada estadual Myrian Rios, no Rio de Janeiro”.

 

Veja o vídeo do pronunciamento do deputado Roberto de Lucena: http://www.youtube.com/watch?v=pelbxTNiKxY

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações