Roberto de Lucena participa do 2º Encontro de Lideranças de Pescadores da UGT

O Ministro da Pesca, senador Marcelo Crivella, prestigiou o evento

 

O deputado federal Roberto de Lucena (PV/SP), que também é vice-presidente da União Geral dos Trabalhadores – UGT, participou, juntamente com o Ministro da Pesca e Aquicultura, senador Marcelo Crivella (PRB/RJ), do Encontro das Lideranças de Pescadores da UGT. Com cerca de 250 líderes pescadores, o evento foi realizado no Auditório da Chácara Torre Forte, em Brasília, no dia 14 de março.

Durante o encontro, o ministro Marcelo Crivella pediu o apoio da UGT e de suas colônias de pescadores filiadas para divulgar o Plano Safra da Pesca e Aquicultura, lançado pela presidenta Dilma Rousseff com recursos da ordem de R$ 4,1 bilhões para financiar a indústria de pescado do País e apoiar os trabalhadores do setor.

O Plano prevê investimentos em assistência técnica e extensão rural, desoneração da cadeia produtiva, modernização e renovação de embarcações, implantação de parques e áreas aquícolas em reservatórios brasileiros e em parques marinhos, escavação de novos tanques para a produção de pescado, execução de 75 projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, ampliação da inserção do pescado no Programa de Aquisição de Alimentos e capacitação de profissionais para atuarem em todos os elos da cadeia produtiva.

O deputado Roberto de Lucena, em pronunciamento, comoveu a todos os presentes quando falou das suas origens e lembrou que seu pai foi pescador durante toda a vida. “Inicialmente, pescador de peixes e, depois, pescador de almas” ressaltou. Durante o 1º Congresso Nacional de Pescadores Artesanais e Aquicultores do Brasil, promovido pela UGT, na cidade de Praia Grande (SP), no ano de 2011, o deputado, emocionado, disse, à época, que naquele momento revivia lembranças de sua infância e de sua própria história. “Senti-me como quem estava vivendo um reencontro. E elegi a causa dos pescadores artesanais do Brasil como uma das principais causas da minha vida”, garantiu. “Desde aquele congresso, abracei a causa dos pescadores e passei a acompanhar de perto a luta desse povo”, completou.

Segundo o deputado, a profissão de pescador é uma das mais antigas do mundo. “Sinto-me compelido a lutar sem cessar por esta categoria que honra e dignifica o nosso País”, disse, garantindo que o seu mandato e a UGT estão empenhados em defender, permanentemente, as pescadoras e pescadores do Brasil.

Roberto de Lucena aproveitou o encontro de pescadores para elogiar o trabalho do ministro Crivella e da presidenta Dilma. “Eu quero aplaudir a presidenta Dilma e quero aplaudir o ministro Marcelo Crivella pelas iniciativas que têm tomado à frente dessa pasta e pela atenção que têm dado aos pescadores artesanais do Brasil”.

O evento também contou com a presença do deputado estadual Edson Araujo (PSL/MA), Presidente da Federação das Colônias de Pescadores do Maranhão; do Secretário-Executivo Brigadeiro, Atila Maia da Rocha; do Secretário-Geral da UGT do Distrito Federal, Sebastião Téo; do Dirigente da UGT do Ceará, Agenor Lopes da Silva, entre outros políticos.

Ao final do encontro, o ministro Crivella disse que a meta é produzir 2 milhões de toneladas anuais de pescado até 2014, e de tornar o Brasil um dos maiores exportadores de pescado do mundo. “Este plano vai beneficiar mais de 300 mil famílias de comunidades ribeirinhas e retirar 100 mil da linha da pobreza”, finalizou.

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações