Roberto de Lucena manifesta solidariedade aos funcionários da Webjet que foram demitidos pela Gol

Sra. Presidente, ilustre Deputada Rose de Freitas, orgulho deste Parlamento e do povo do Estado do Espírito Santo, Sras. e Srs. Parlamentares, eu tenho ocupado a tribuna nestes últimos dias para trazer a esta Casa a preocupação que tem assaltado diariamente nosso coração, desde a última semana, na sexta-feira da semana passada.
A Gol recentemente adquiriu a Webjet, uma companhia aérea que, reconhecidamente, tem oferecido à sociedade, ao povo brasileiro serviços de alta qualidade; que tem sido reconhecida diariamente pelos altos índices de pontualidade e pelo baixo preço das passagens oferecidas aos consumidores. Porém, nessa aquisição, para todos nós, para todo o Brasil, na última semana, trouxe debaixo de suas asas a surpresa da demissão de 850 funcionários.
A preocupação que nós temos trazido a esta tribuna, a esta Casa, ilustre Deputado Silas Câmara, é no sentido de que nós estamos, mais uma vez, em silêncio, assistindo silenciosamente à construção de um perigoso duopólio que ocorre exatamente nesse que é um setor de impressionante sensibilidade.
De qualquer fator que atinja diretamente a economia, desde um problema, uma crise econômica na Europa, na América, na Ásia, até um vulcão que entra em erupção em qualquer parte do planeta, o setor aéreo sente o reflexo em todas as partes do nosso País.
Neste esforço da Gol na aquisição da Webjet, dentro de um cenário onde, nos últimos 12 anos, o setor aéreo brasileiro tem sido praticamente abandonado à sua própria sorte, temos visto o Governo avalizando, autorizando essa aquisição.
E a Gol, nas suas declarações, através do seu representante, manifestou que a Webjet era uma empresa que estava dando prejuízo, que estava operando no vermelho; que tinha aviões antigos, aviões velhos. Na verdade, não existe no setor aéreo, não existe em relação à aeronave essa rubrica, essa condição. O que existe são aviões, são aeronaves em mau estado de conservação.
Em relação à condição de a Webjet estar dando prejuízo, isso também não confere com os dados, por exemplo, que nós temos do relatório do banco UBS, que mostra que a Webjet melhorou o balanço da Gol, que foi negativo, enquanto o balanço da Webjet foi extremamente positivo.
O EBIT da Webjet, no primeiro semestre de 2012, foi de 25%, desempenho recorde no setor, enquanto o EBIT da Gol foi de -1,4%. Portanto, não se trata de uma questão de prejuízo. O que estamos vendo é a consolidação de um duopólio, que, na ponta, prejudica a sociedade brasileira, prejudica o consumidor.
A anuência do Governo neste negócio da compra da Webjet pela Gol, mais uma vez, impõe à sociedade uma perda. Milhares de empregos, Deputado Silas Câmara, foram dizimados. As passagens subiram. As classes C e D estão voltando para o ônibus. Sumiram opções de horário, sumiram opções de voo. Ou seja: onde estão, de fato, os interesses do bem comum da sociedade?
Eu chamo a atenção não apenas para os dados estatísticos, não apenas para os dados que eu trouxe aqui, mas para o fato de que 850 pessoas, às vésperas do Natal, às vésperas do final do ano, perderam seu emprego, sua subsistência, sua estabilidade e foram lançadas na rua da amargura. E empregos em postos técnicos, especializados, exercidos por pessoas que, com muita dificuldade, se recolocarão no mercado.
Por isso, estamos apresentando um pedido de informações ao Ministério do Trabalho e Emprego, apresentamos um pedido de informação à Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, encaminhamos à Presidenta Dilma um ofício manifestando a nossa preocupação e estamos colhendo aqui na Casa assinaturas de apoio à instalação de uma CPI que se preste a estudar esta transação comercial que ocorreu entre a Webjet e a Gol. Para isso, peço o apoio dos nobres pares, porque nós precisamos nos deter nessa situação dramática e preocupante que ocorre no setor aéreo.
Aqui manifesto minha solidariedade aos funcionários da Webjet que foram demitidos pela Gol neste encerramento de atividades nesta última semana.
Muito obrigado, Sra. Presidente.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações