Roberto de Lucena condena proposta de diminuição da idade sexual

Deputado critica ‘pacote’ de propostas ‘loucas’ às vésperas da Copa do Mundo

O vice-líder do Partido Verde na Câmara, deputado federal Roberto de Lucena (SP), em seu discurso nesta sexta-feira (16/03), chamou de ‘louca’ a proposta  de reforma do Código Penal levada ao Senado para diminuição da idade sexual no Brasil de 14 para 12 anos de idade. Com isso, a idade considerada para estupro de vulnerável seria diminuída. “Falou-se até para 10 anos de idade”, alertou o deputado.

O deputado ainda foi mais contundente: “O que significa isso? Significa a legalização da pedofilia no Brasil!”. Roberto de Lucena disse ainda que é preciso que a sociedade brasileira esteja atenta a isso e reaja. “Mas antes de a sociedade brasileira reagir, apelo para o bom senso desta Casa, apelo para a sensibilidade dos nobres pares, aqueles que têm dignidade, aqueles que têm responsabilidade com esta e com as futuras gerações, para que essa proposta não avance, para que essa proposta não prospere nesta Casa e que, já no Senado, onde ela está nascendo, seja enterrada e devidamente sepultada”, conclamou.

O vice-líder do PV apontou que a proposta surge num momento diferenciado. “Essa coincidência é outro fator de estranheza, às vésperas da Copa do Mundo. O que será que está por trás disso? O que motiva que seja colocada à mesa uma proposta tão louca, tão estranha como essa?”, questionou.

Roberto de Lucena elogiou a posição do presidente, Deputado Marco Maia, que assumiu a postura de que esse debate será feito pelo Congresso e pela Câmara dos Deputados com absoluta isenção. “Quero aplaudir a postura do nosso presidente e dizer que estaremos aqui juntos, para debater essa nossa posição em nome do Brasil e em nome dos brasileiros, especialmente das brasileirinhas e dos brasileirinhos, como assim os chama a nossa Presidente Dilma”, concluiu.

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações