Relações Exteriores instala subcomissão sobre proteção das fronteiras

Roberto de Lucena
Foto: Saulo Cruz
Lucena: fronteira serve de base para o crime organizado.

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional instalou nesta terça-feira, 17,  uma subcomissão para acompanhar as ações de proteção das fronteiras brasileiras. O presidente é o deputado Roberto de Lucena (PV-SP), que sugeriu a criação do colegiado. O deputado George Hilton (PRB-MG) foi escolhido relator.

Lucena ressalta que o Relatório Mundial sobre Drogas, da Organização das Nações Unidas (ONU), aponta a presença de organizações criminosas brasileiras em diversas cidades de fronteira, onde estabelecem bases para facilitar o comércio de drogas e de armas com fornecedores internacionais.

A linha de fronteira do Brasil tem 15.719 km de extensão e passa por dez países. A área corresponde a 27% do território nacional e abriga cerca de 10 milhões de habitantes de 11 estados.

A subcomissão ainda não definiu a data da próxima reunião.

Da Redação/DC

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações