PESCA E TURISMO MAIS UNIDOS

feipesca_main

Abertura da Feipesca 2015 / Foto: Aline Porfíri

Os índices da atividade pesqueira no Brasil estão em ascensão, com a vantagem de que agora, a partir da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), cadastro gerenciado pelo Ministério do Trabalho, o condutor de turismo – 60 mil no País – é uma atividade regulamentada. Com esta medida, as ocupações de condutor de Turismo de Aventura e condutor de Turismo de Pesca passam a ser reconhecidas, desde janeiro último.

Estes temas foram destacados durante a abertura da FEIPESCA 2015, Feira Internacional da Pesca Esportiva e Turismo realizada na Capital, que contou com a presença do secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Roberto de Lucena, do ministro da Pesca e Aqüicultura, Helder Barbalho e do ministro interino do Turismo, Alberto Alves, entre outras autoridades e profissionais do setor.

Na oportunidade, Lucena que representou o governador Geraldo Alckmin, ressaltou a importância do evento e da pesca para o Estado de São Paulo. “Também devemos destacar o acordo que está sendo assinado pelos Ministérios da Pesca e do Turismo neste momento para o fortalecimento da pesca amadora e da gastronomia ligada ao pescado”, observou o secretário.

Roberto de Lucena tem atuado a favor do setor pesqueiro em busca de incentivos e investimentos. Em novembro do ano passado, enquanto deputado federal, cargo do qual encontra-se licenciado para assumir a pasta do Turismo, Lucena anunciou a destinação de uma emenda parlamentar de R$ 500 mil a favor dos pescadores do Pontal do Paranapanema, interior de São Paulo.

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações