Notícia para ser comemorada: Arujá ganhará Hospital Municipal

Segunda quinzena de dezembro. O ambiente político de Brasília se prepara para o período de recesso das festas de fim de ano. No Congresso Nacional, a votação do Orçamento 2020 anuncia o fim dos trabalhos e os parlamentares se preparam para voltar para suas bases. Chegou, enfim, o “apagar das luzes”, e o que não foi resolvido pode esperar até o próximo ano. Mas sempre tem aqueles parlamentares que são um pouco mais persistentes, e continuam suas andanças pela Esplanada dos Ministérios, solicitando recursos e liberações de projetos para atender a população de seus estados. Foi o que aconteceu com o deputado federal Roberto de Lucena (PODE/SP) nesta semana. Quando tudo parecia já finalizado, o parlamentar não se deu por vencido e pediu uma última reunião com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Lucena não se decepcionou. Voltou do Ministério com a liberação de R$ 35 milhões de reais para a construção do Hospital Municipal de Arujá.

Os recursos liberados pelo Ministério da Saúde para a maior obra pública da história da cidade foram empenhados nesta sexta-feira (20/12). De acordo com Lucena, a instituiçãoirá atender não apenas a demanda da cidade, como toda a população do Alto Tietê. “É um sonho da população se tornando realidade. É uma luta que travei durante mais de três anos, junto com meu filho Renan, que foi quem me trouxe essa demanda e acompanhou de perto todo o processo. Sonhamos junto com o nosso povo de Arujá, que precisa tanto de um hospital público, e por tantas vezes ouviu apenas promessas. Pegamos o projeto do marco zero em 2016. Não havia, até então, nenhuma proposta anterior do município. Vencemos muitas etapas. Tivemos que percorrer, novamente, o mesmo caminho em 2017, em 2018 e agora, sob o novo Governo Federal, em 2019. Conseguimos garantir que se abrisse o sistema para que a prefeitura cadastrasse a proposta e acompanhamos todas as análises técnicas. A Administração Municipal atendeu as diligências feitas pelo Ministério, e o esforço valeu a pena. Agora conto muito com toda a Câmara Municipal  e as demais forças vivas da  sociedade arujaense, a exemplo de líderes como o Dr. Luis Camargo, para acompanhar e fiscalizar o desenvolvimento da obra. A bola agora está nos pés de Arujá”, enfatizou o parlamentar.

Na reunião em que liberou o empenho dos recursos, o ministro Mandetta destacou a dedicação de Lucena pelo projeto, bem como a seriedade com que o parlamentar e a prefeitura encararam o aspecto totalmente técnico da aprovação do hospital. Mandetta também destacou a parceria e o apoio de Renan Lucena, filho do deputado, que foi um dos grandes incentivadores da concretização deste sonho. “Renan foi um parceiro, ele acompanhou de perto as diligências, esteve aqui no ministério, deu apoio aos técnicos da prefeitura efoi um verdadeiro guerreiro”, disse.

De acordo com o prefeito da cidade, José Luiz Monteiro, o Hospital Municipal de Arujá contará com atendimento de Alta Complexidade, composto por um Pronto Atendimento com 17 leitos de observação (adultos e infantil) e quatro leitos para estabilização e capacidade prevista para 60 leitos de internação, sendo 10 leitos de UTI (cinco adultos e cinco infantis), leitos cirúrgicos, ortopédicos, clínicos, pediátricos e maternidade.

A construção do hospital trará qualidade ao atendimento de urgência, emergência e alta complexidade, pois atualmente os arujaenses contam apenas com uma UPA.

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações