Indignação pelo ataque à escola em Realengo

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, neste dia 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, o Brasil foi surpreendido da pior maneira e ficou chocado quando, por volta das 8h, um homem invadiu uma escola municipal em Realengo, no Rio de Janeiro, e disparou, com arma de fogo, contra um grupo de crianças indefesas, com idade entre 9 e 14 anos, provocando a morte de pelo menos 10 delas e ferindo outras 18 – dentre as crianças mortas, 9 são meninas.

Sr. Presidente, nobres Parlamentares, estamos diante de uma das mais terríveis tragédias ocorridas em solo brasileiro e diante de um fato gravíssimo, permeado de componentes que devem ser considerados com a maior seriedade e responsabilidade por parte desta Casa e da sociedade com um todo.

Eu imploro, Sr. Presidente, em nome dessa nova geração de crianças e adolescentes do Brasil, que as autoridades competentes não se furtem da condição de investigar com a maior seriedade e profundidade o que aconteceu.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações