Geraldo Alckmin pede apoio de Roberto de Lucena em votações no Congresso

O governador Geraldo Alckmin mobilizou a bancada paulista no Congresso em reunião ontem

 

O deputado federal Roberto de Lucena se reuniu na terça-feira (19), como Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e demais representantes da bancada paulista na Câmara dos Deputados.

Alckmin pediu apoio dos parlamentares para que defendam São Paulo na discussão e na votação de propostas que afetam o Estado.

A reunião ocorreu no Palácio dos Bandeirantes, com o objetivo de mobilizar os deputados paulistas para uma causa comum: evitar perda de recursos para São Paulo. O prefeito da capital, Fernando Haddad, também compareceu.

Alckmin colocou como prioridade para os deputados a Medida Provisória 599, cuja finalidade é iniciar a reforma do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e combater a chamada “guerra fiscal”.

Pela proposta, o imposto estadual será reduzido gradualmente até a alíquota de 4%. “Nós defendemos uma alíquota menor, interestadual e única de 4%, e que a transição seja mais curta, de oito anos”, afirmou Alckmin. A proposta original prevê um período de transição de 12 anos.

Consequências sociais

Roberto de Lucena, que acompanhou toda a exposição feita pessoalmente pelo governador Geraldo Alckmin, manifestou apoio irrestrito em todas as votações nas quais estejam em pauta os interesses do Estado de São Paulo.

O parlamentar enfatizou que a perda de receita financeira poderia trazer consequências sociais negativas para São Paulo. Para o deputado eleito por São Paulo, a perda de receita pode privar o cidadão de inúmeras melhorias.

“Não é uma questão apenas financeira, pelo contrário, se o Estado perde receita, os municípios também perdem e, no final das contas, é o cidadão quem perde. Porque faltam recursos para melhorar a saúde, o transporte, a educação, etc.  Mas isso não vai acontecer, porque nós vamos defender São Paulo”, concluiu.

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações