Deputado solicita que o Governo Federal acompanhe o caso dos missionários da Igreja Presbiteriana presos no Senegal

Sr. Presidente, ilustre Deputado Inocêncio Oliveira, Sras. e Srs. Parlamentares, quero trazer a nossa preocupação, inclusive na condição de membro da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, com as informações que nos tem chegado, Deputado João Campos, desde o Senegal, a respeito da prisão de dois brasileiros missionários da Igreja Presbiteriana, o Pastor José Dílson da Silva e a missionária Zeneide Moreira Novaes, da Missão Servos, uma das denominações evangélicas mais sérias e respeitadas de nosso País, Deputado Garotinho. Há 150 anos faz um trabalho de evangelização, de obras sociais, direcionado, dirigido, à educação, revolucionário em nosso País. Como a Academia Presbiteriana, os institutos de educação presbiterianos, influenciaram a educação brasileira!
A Igreja Presbiteriana enviou ao Senegal aqueles dois missionários, que têm feito um trabalho de cuidar de centenas de crianças. Crianças talibés foram largadas na rua pedindo esmolas, sendo abusadas e recebendo muitos maus-tratos. O projeto, que se chama Obadias, tem recebido o apoio da Igreja brasileira e tem atendido, tem cuidado, tem tirado essas crianças de tal situação.
Os missionários foram acusados de evangelização de menores, maus-tratos com as crianças e de abrigar menores sem autorização dos pais.
E aqui eu quero, Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, chamar a atenção desta Casa, chamar a atenção dos nobres Deputados, das nobres Deputadas, para esse assunto. São dois brasileiros que estão, segundo informações, em condições ruins, em uma cela com malfeitores, sem luz, sem água, sem uma cadeira para sentar, sem poder ter nenhum pertence pessoal consigo, numa cela em condições precárias.
Portanto, fazemos aqui este registro e apelamos ao Governo brasileiro, apelamos ao Ministério das Relações Exteriores, para que possamos, juntamente, conjuntamente, manter-nos informados, buscar as informações, para acompanhar os fatos mencionados.
Quero aqui, ilustre Deputado João Campos, Presidente da Frente Parlamentar Evangélica, somar-me a V.Exa., que já fez uso desta tribuna chamando a atenção para esse assunto, e comprometer-me, Deputado Inocêncio Oliveira, a fazer o trabalho que tiver ao nosso alcance na Comissão de Direitos Humanos. Estaremos acompanhando muito de perto e com muito interesse essa situação.
Muito obrigado, Sr. Presidente, senhoras e senhores.
Era o que tinha a dizer.
Que Deus abençoe o Brasil!

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações