Moção de Solidariedade pela Noruega é apresentada pelo deputado Roberto de Lucena

O deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) apresentou nesta quarta-feira (03), requerimento à Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, para que fosse emitida uma Moção de Solidariedade ao povo norueguês pelo atentado terrorista que vitimou 77 pessoas, no último dia 22 de julho.

O presidente da Comissão, deputado Carlos Alberto Leréia, informou que o requerimento será transformado em carta e enviado ao Governo da Noruega.

O deputado Lucena agradeceu e disse que o mais importante é a Casa mostrar sua solidariedade. “Não importa de que maneira façamos”, disse o parlamentar.

Os deputados Arnon Bezerra (PTB-CE), Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Raul Henry (PMDB-PE) parabenizaram a atitude do deputado Roberto de Lucena. “O requerimento de V.EX.ª reflete o pensamento e a solidariedade dessa Casa”, disse o deputado Arnon Bezerra.

Veja o requerimento na íntegra:

COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DEFESA NACIONAL

 

Requeiro, nos termos regimentais, que esta Comissão aprove e encaminhe Moção de Solidariedade ao povo norueguês pela perda das vidas humanas durante os ataques terroristas ocorrido no dia 22 de julho de 2011.

 

Senhor Presidente,

Requeiro nos termos regimentais, que esta Comissão aprove e encaminhe Moção de Solidariedade ao povo norueguês pelas perdas das vidas humanas durante os ataques terroristas ocorridos no dia 22 de julho de 2011.

 

JUSTIFICAÇÃO

No dia 22 de julho o mundo assistiu, estarrecido,  a  capital da Noruega, Oslo, ser sacudida por um duplo ataque que teve como cenários a ilha Utoya e a sede do governo norueguês com um saldo de 93 mortos, sendo 86 jovens,  e centenas de feridos.

Identificado como autor dos ataques,  Andres Breivik teria planejado os atentados desde o ano de 2009.  No centro da capital, Oslo, bombas explodiram  danificando parte da fachada do prédio onde trabalhavam centenas de servidores públicos e o primeiro-ministro norueguês, que não ficou ferido. Total: sete mortos. Uma hora e meia  depois, o fanático atacou um acampamento juvenil a 40 km da capital, onde ser reuniam cerca de 700 jovens do Partido Trabalhista, o partido do governo. A maioria entre 14 e 18 anos.

Os dois ataques ocorreram num intervalo de duas horas. Segundo a polícia, o atirador utilizou balas tipo “dum-dum”, destinadas a se desintegrar dentro do corpo e causar o máximo de danos internos. Ou seja, tudo metodicamente planejado. Muitos jovens foram atacados dentro das barracas em que estavam acampados. Outros, quando fugiam.

As imagens chocantes provocam indignação em todo o mundo e causaram angústia e dor a população daquele país, um povo que se dedica a paz e que é reconhecido pela disposição em ajudar os outros países e que assim formam uma nação democrática, estável, pacífica, prospera e bem sucedida. A Noruega tem sido um exemplo de para todas as nações no campo humanitário e de como gerir os seus recursos naturais não renováveis para seu benefício.

A dor do povo norueguês é a dor de todos nós.

Deste modo requeiro, após ouvido o Plenário, que esta Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, aprove e encaminhe Moção de Solidariedade a Noruega pela perda de tantas preciosas vidas.

 

Deputado ROBERTO DE LUCENA

PV/SP

 

 

 

 

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações