Deputado Roberto de Lucena quer debater contaminação por chumbo

 

Os membros da Comissão de Seguridade Social da Câmara dos Deputados aprovaram, por unanimidade, o requerimento de autoria do deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP), que pede a realização de audiência pública conjunta entre a Comissão de Seguridade Social e a Comissão de Direitos Humanos para debater a grave situação da contaminação por chumbo na cidade de Santo Amaro da Purificação, no Estado da Bahia.

Roberto de Lucena argumenta que a população da cidade vem sofrendo há 40 anos com as consequências da poluição e da contaminação pelo chumbo (Pb) e cádmio (Cd), em nível endêmico. Durante 33 anos de operação, a Companhia Brasileira de Chumbo (Cobrac), subsidiária da empresa francesa Penarroya Oxide S.A., contaminou o município do recôncavo baiano com um passivo ambiental de milhões de toneladas de rejeito e cerca de 300 mil toneladas de escória (mistura de terra com alta concentração de chumbo). “Os danos causados ao meio ambiente tiveram como consequência a contaminação da população santamarense, principalmente os ex-trabalhadores e moradores do entorno da fábrica, que passaram a conhecer o saturnismo, uma doença que afina os braços, paralisa as mãos, provoca dores agudas, causa impotência sexual nos homens e aborto e má formação fetal nas mulheres”, ressaltou o deputado.

“Por causa do excesso de metais na água e no solo, outras doenças também foram identificadas: anemia, câncer de pulmão, lesões renais, hipertensão arterial, doenças cerebrovasculares e alterações psicomotoras”, explica o parlamentar. Serão convidados para o debate representantes dos Ministérios da Saúde, do Meio Ambiente e do trabalho; representante da Associação das Vítimas da Contaminação por Chumbo; Cadmio, Mercúrio, e Outros Elementos Químicos –AVICCA; e o Procurador Municipal de Santo Amaro da Purificação.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações