Deputado Roberto de Lucena participa de reunião do PV

Os integrantes do Partido Verde, entre eles o deputado Roberto de Lucena (PV/SP), estiveram reunidos hoje para discutir o posicionamento em relação às MPs que tramitam na Casa, encaminhamentos de projetos de lei, desarquivamentos, discussão a respeito de comissões, trabalho da Liderança do PV, entre outros assuntos.

Fizeram parte da discussão as MPs 505, que trata da liberação de recursos adicionais ao BNDES; a 511, sobre a sustentabilidade do BNDES para financiar o trem de alta velocidade; a 512, a respeito de incentivos fiscais para desenvolvimento regional e indústria automotiva; a 514, que trata de alterações no Programa Minha Casa, Minha Vida; além do Projeto de Lei 7868/10, do deputado Paulo Bornhausen (DEM/SC), que fixa o salário mínimo em R$ 600 a partir de 1º de janeiro de 2011. A proposta revoga a lei 12.255/10, que definiu o valor do mínimo em 2010 (R$ 510) e estabelece diretrizes para a valorização do mínimo até 2023. Na prática, o projeto também altera a Medida Provisória 516/10, que estabelece em R$ 540 o valor para 2011, e está em vigor desde janeiro deste ano. O governo já admite a possibilidade de aumentar o valor em 2011 para R$ 545, mas o projeto prevê a correção para R$ 600.
Em relação ao aumento do Salário Mínimo, o deputado Roberto de Lucena vai aguardar a reunião prevista para amanhã onde estarão presentes representantes do governo, da oposição, do DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, além da possibilidade da presença de Marina Silva e Gabeira. O objetivo é ouvir os argumentos e tomar uma decisão que contribua para o desenvolvimento do País. O Partido pretende ampliar o debate para se posicionar com base na realidade dos dados apresentados.
A Reforma Política e o Código Florestal também foram alvos do debate entre os Verdes.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações