Deputado Roberto de Lucena no congresso nacional da UGT

Deputado Roberto de Lucena e o ex-presidente Lula no congresso da UGT

O deputado federal Roberto de Lucena (PV) foi indicado vice-presidente da UGT (União Geral dos Trabalhadores) durante o 2° Congresso Nacional da entidade, que teve início no dia 14 no Palácio de Convenções do Anhembi. Lucena foi indicado em razão de sua militância na FENAE (Federação Nacional dos Empreendedores), que representa as demandas de pequenos e micro-empreendedores de todo o Brasil.

​O deputado integra a direção da FENAE e acompanha a luta dos pescadores artesanais que estão se organizando em colônias e se sindicalizando junto a UGT para fortalecer sua representação. “Como faço parte da diretoria da FENAE e nossa entidade é filiada a UGT, automaticamente, também sou membro da UGT e, nessa condição, meu nome foi indicado no congresso, notícia que recebi com muita honra e alegria”, destacou.

​Ele não é o único a ocupar a vice-presidência, mas é quem está diretamente articulado junto a categorias que estão se organizando agora para que suas demandas sejam atendidas como, por exemplo, os pescadores artesanais que lutam por acesso ao crédito, educação, formação técnica, e qualificação profissional. ​

​“Eu me coloquei à disposição para defender os ideais trabalhistas e dar assistência a essas categorias que têm sido desprestigiadas. É o caso dos pescadores artesanais que estão se organizando junto a UGT, que os abrigou com muita sensibilidade, para fazer valer suas reivindicações. São pessoas simples, sofridas, aguerridas, que têm sido preteridas por muito tempo pelas autoridades” afirmou Lucena.

O parlamentar disse que trabalhará com o outro integrante do PV, Roberto Santiago, que tem longa experiência no movimento sindical brasileiro e cuja atuação junto aos trabalhadores sindicalizados à UGT serve de referência para o trabalho que Lucena pretende desenvolver em parceria com Santiago em prol da categoria.

“Nós teremos a honra de trabalhar ao lado do nosso histórico companheiro Roberto Santiago, deputado pelo PV que já está no seu segundo mandato, tem uma longa experiência política e sindical, pois ingressou no PV e na UGT antes de mim e com certeza terá muito com o que contribuir com nosso trabalho”, completou.

Lucena deve tomar posse do cargo em agosto. “O nosso compromisso é de ter um empenho ainda maior no apoio ao trabalhismo brasileiro. Nós temos reivindicações muito justas como, por exemplo, jornada de 40 horas, equiparação salarial de algumas categorias, e a luta contra o fator previdenciário”, finalizou.
 
Lula
 
​O deputado Roberto de Lucena participou da abertura do 2° Congresso da UGT com o governador Geraldo Alckmin, o prefeito Gilberto Kassab e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na ocasião, Lucena teve a oportunidade de conversar brevemente com Lula sobre o instituto que leva o nome do petista.

​Eles deverão ter uma reunião nas próximas semanas para falar sobre as atividades do referido instituto que, segundo o parlamentar, tem um interessante trabalho a oferecer ao país. Lucena também elogiou a contribuição política do petista que na sua avaliação representa um “fator de equilíbrio nacional”.

​“Lula fez aprofundamentos relevantes na política social durante seu governo e é uma pessoa da maior relevância para o Brasil pelo papel que ocupou na política nacional e internacional. Lula é um fator de equilíbrio, uma pessoa que a camada popular escuta porque se sente representada por ele”, comentou.    

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações