Roberto de Lucena declara apoio à ativista brasileira presa na Rússia

 Deputado Roberto de Lucena declara apoio à ativista brasileira presa na Rússia

 

Presa há mais de um mês após participar de um protesto pacífico do Greenpeace contra a exploração de petróleo no ártico, a bióloga brasileira Ana Paula Maciel, de 31 anos, pode ser condenada a até 15 anos de prisão. Para o deputado federal Roberto de Lucena, o caso, que repercutiu em todo o mundo, precisa da intervenção urgente do governo brasileiro.

“A bióloga e ativista apenas manifestou sua posição, de forma pacífica, e não causou qualquer tipo de dano patrimonial ou ameaça à ordem pública na Rússia. É incompreensível o grau de repressão ao qual ela e seus companheiros têm sido alvo”, argumentou o parlamentar.

A presidente Dilma Rousseff também se pronunciou sobre a situação da brasileira e afirmou que solicitou que o Itamaraty dê toda a assistência necessária à ativista.

“O grupo de 28 ativistas do Greenpeace tem todo nosso apoio, a solidariedade do Partido Verde e, certamente, do governo federal. O Itamaraty já está acompanhando o caso e nós também iremos nos colocar à disposição desses brasileiros presos injustamente na Rússia”, concluiu o deputado Roberto de Lucena.

 

Foto extraída do site G1. Crédito: Divulgação/Greenpeace/Nick Cobbing

 

 

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações