Deputado preside Sessão Solene em homenagem ao Dia da Bíblia

Sr. Presidente, ilustre Deputado João Campos, Presidente da Frente Parlamentar Evangélica; Exmo. Sr. Dr. Aldo Fagundes, Ministro do Superior Tribunal Militar, representando neste ato a Sociedade Bíblica do Brasil; Exmo. Sr. Embaixador de Israel, Rafael Eldad; Pastor Josimar Francisco, Presidente do Conselho de Pastores do Distrito Federal; Exmo. Pastor Samuel Câmara, Presidente da Assembleia de Deus de Belém, que é a Igreja Mãe da Assembleia de Deus no Brasil e um dos ícones neste momento da Igreja Evangélica brasileira. Quero também fazer menção à Deputada Celina Leão, Presidente da Frente Parlamentar Evangélica do Distrito Federal, na Assembleia Legislativa. E citando essas autoridades eu quero estender meus cumprimentos às senhoras pastoras, missionárias, mencionando a minha querida missionária Jean Simplício, que representa aqui a União Feminina da Igreja O Brasil para Cristo em todo o País. Quero cumprimentá-las, quero cumprimentar a todos os presentes, a todos os pastores, obreiros, missionários, representantes da Sociedade Bíblica do Brasil e os nossos ilustres convidados.
Inicio meu pronunciamento registrando a alegria em ser um dos autores, juntamente com o ilustre Parlamentar João Campos, Presidente da Frente Parlamentar Evangélica, do requerimento que deu origem a este evento que celebra o Dia da Bíblia e que também faz uma justa e merecida homenagem à Sociedade Bíblica do Brasil, uma das mais sérias, sólidas e bem sucedidas instituições deste País, entidade que neste ano comemora 63 anos de trabalho de distribuição de Bíblias no País e em todo o mundo, traduzidas em mais de 2.500 idiomas. À Sociedade Bíblica do Brasil une-se, nesta oportunidade, a Câmara dos Deputados, não apenas para homenagear a Bíblia Sagrada, mas também para celebrar, junto com todos os cristãos brasileiros, um marco inédito e histórico que nos enche de orgulho: a impressão, por essa instituição, de 100 milhões de Bíblias.
Com o lema “Dar a Bíblia à Pátria“, a Sociedade Bíblica do Brasil – SBB foi fundada em 10 de junho de 1948, no Rio de Janeiro. Sua missão: promover a maior distribuição possível de livros sagrados, numa linguagem compreensível e a preços acessíveis. Assumiu, assim, as atividades de tradução, produção e distribuição da Bíblia em todo o território brasileiro. Até a implantação de sua gráfica em setembro de 1995, a Sociedade Bíblica do Brasil já havia distribuído mais de 2 milhões de Bíblias no País. Hoje, a chamada Gráfica da Bíblia, com sede na cidade de Barueri, no meu Estado de São Paulo, está consolidada como uma unidade industrial especializada. A implantação da gráfica foi um marco relevante para o cumprimento da missão de estimular a leitura e o conhecimento dos princípios bíblicos, já que dispõe de equipamentos modernos que proporcionam uma excelente qualidade nos serviços e baixos custos de produção.
Com o intuito de alcançar o público portador de deficiência visual, a Sociedade Bíblica do Brasil criou, no ano de 2001, a Imprensa Braile. Provida de equipamentos modernos e com a utilização de novas tecnologias, a Bíblia em Braile passou a ser produzida na íntegra em cerca de 6 horas.
Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o dia 26 de maio de 2011 entrou para a história do Brasil e do mundo. Naquela data, mais precisamente às 16h, foi alcançada a marca mundialmente inédita de 100 milhões de Bíblias impressas por uma única gráfica. A contagem regressiva começou lá em 1995. Um dispositivo digital foi instalado nas máquinas da unidade de encadernação para fazer a contagem regressiva até o tão esperado centésimo milionésimo exemplar.
A Sociedade Bíblica segue uma tradição de registrar todas as tiragens do livro. A marca de 100 milhões foi atingida em apenas 16 anos de existência de sua gráfica. A maioria dos exemplares produzidos pela entidade se destina ao segmento evangélico, mas ela imprime Bíblia também para os católicos, a ponto de o Vaticano ter encomendado, há 2 anos, uma Bíblia especial, que só os bispos e o Papa receberam.
Cerca de 100 pessoas acompanharam o emocionante momento do alcance da marca de 100 milhões, entre elas funcionários da organização e membros da Diretoria da Sociedade Bíblica do Brasil, além de jornalistas e lideranças religiosas, que estavam presentes.
A marca alcançada pela Gráfica da Bíblia vem sendo comemorada em todo o País por diversos segmentos da sociedade. A notícia também foi destaque em vários países do mundo. Um recorde que dificilmente será batido, o que trouxe ao povo cristão do Brasil um grande orgulho e uma alegria profunda.
Neste sentido, quero cumprimentar a todos que os que fazem a Sociedade Bíblica no Brasil. Quero manifestar meu cumprimento especial ao seu Presidente de Honra, Pastor e Doutor Aldo da Silva Fagundes. Ao cumprimentá-lo, quero saudar, também, em seu nome, os Reverendos Guilhermino Cunha e Enéas Tognini, igualmente Presidentes de Honra da Sociedade Bíblica do Brasil. Eles fazem parte de uma bela constelação neste País, de uma geração que amou a Bíblia Sagrada e se comprometeu com ela. São heróis da fé, colunas da igreja.
O Dr. Aldo de Silva Fagundes, gaúcho de Alegrete, foi Deputado Estadual do Rio Grande do Sul, Deputado Federal por quatro mandatos sucessivos, entre 1967 e 1983. Nesse período, inclusive, ele aqui compartilhou o seu mandato com um Deputado Federal enviado para cá pelo Estado de São Paulo como representante do segmento evangélico, que era membro da Igreja O Brasil para Cristo, o ilustre e grande tribuno Dr. Levy Tavares.
Em 2001, foi eleito Presidente do Superior Tribunal Militar, ocasião em que, pela primeira vez em quase dois séculos, um civil tomou posse como Presidente do STM.
Cumprimento, ainda, respeitosamente, o Reverendo Adail Carvalho Sandoval, por todos conhecido como exemplo de amor, da pregação da palavra, e que hoje ocupa a Presidência da Sociedade Bíblica do Brasil. Em seu nome, quero cumprimentar os demais membros da Diretoria Nacional, os demais Presidentes de Honra, os Presidentes dos Diretórios Estaduais e todos os Secretários.
Estendo meus cumprimentos também a todos os membros da assembleia administrativa, entre eles, o meu irmão, Pastor Paulo Lutero de Melo, filho do saudoso missionário Manoel de Mello, fundador da Igreja O Brasil para Cristo, a qual tive o prazer e a honra de presidir. E tenho a honra de fazer parte dela e de ser membro de seu Supremo Conselho.
Cumprimento, ainda, todos os membros dos Conselhos Consultivos, Administrativos e Fiscal da Sociedade Bíblica do Brasil. E aqui faço questão de mencionar os Reverendos Rudi Zimmer e Eric Sebert, que me receberam com tanta generosidade, ao lado do amigo Pastor Benedito de Oliveira, Diretor de Desenvolvimento Institucional da Sociedade Bíblica do Brasil, em minha recente visita à gráfica, em Barueri.
Sr. Presidente, uma história de sucesso como a da Sociedade Bíblica do Brasil não se constrói sem parcerias. E, nesse sentido, quero também homenagear cada distribuidor, revendedor, cada funcionário, nos diversos setores que compõem a Sociedade Bíblica do Brasil. Aquele que, muitas vezes, no anonimato, em silêncio, tem a honra de conduzir, de levar o Livro Sagrado. Quão sublime é o trabalho de cada uma dessas pessoas.
A todos que hoje fazem parte da família Sociedade Bíblica do Brasil ou que dela fizeram parte no passado, a nossa gratidão e a nossa admiração.
E aqui, Presidente, faço um registro especial. Eu estou Deputado, mas sou Pastor, sou filho de pastor, sou neto de diáconos. Sou, portanto, a terceira geração de obreiros da minha família. E as minhas memórias de infância estão repletas, Deputada Liliam Sá, de lembranças doces, que envolvem a Sociedade Bíblica do Brasil. Para mim, por anos, a imagem da Sociedade Bíblica do Brasil foi a figura doce da Irmã Noêmia. Ela era representante da Sociedade Bíblica do Brasil e atendia minha cidade de Santa Isabel, no interior do Estado de São Paulo. Quando ela ia à minha cidade, instalava-se na casa de minha avó, que era sua auxiliar, coordenadora na cidade, a Irmã Maria Ana de Lucena.
Eu, com 7, 8 anos, já era sócio contribuinte da Sociedade Bíblica do Brasil, e ajudava minha avó nos trabalhos de promoção da Sociedade Bíblica. Ano passado, a Irmã Noêmia foi promovida à eternidade. Os seus exemplos e o seu testemunho permanecem. E aqui eu também faço questão de homenagear a sua memória.
Sr. Presidente, há um grupo especial na família da Sociedade Bíblica do Brasil que quero destacar neste discurso. Os coordenadores e voluntários dos programas sociais que a SBB desenvolve em todo o País. Programas sociais já consagrados pelos resultados alcançados. Entre eles, citamos o Programa Luz no Brasil, que tem o objetivo de levar assistência social e espiritual às comunidades que vivem em situação de risco social, em diferentes localidades do País, por meio de atendimento médico-odontológico e distribuição de literatura bíblica, que engloba os Programas Luz na Amazônia, Luz no Nordeste e Luz no Sudeste. Conta com um barco, dois ônibus, um caminhão, adaptados com equipamentos médicos, odontológicos e hospitalares, que percorrem comunidades carentes e isoladas do Norte, Sul, Sudeste e Nordeste do País. Com isso, o programa promove mudanças significativas por onde passa, entre as quais, o tratamento e a prevenção de doenças, além da promoção, do resgate de valores éticos e de cidadania.
O Programa Luz na Amazônia realiza, desde sua criação, em 1962, viagens regulares pelos rios amazônicos por meio do Barco Hospital Luz na Amazônia III, que atende à comunidade ribeirinha da região.
Outros programas sociais se destacam, como A Bíblia nas Escolas, A Bíblia nos Hospitais, A Bíblia em Situação de Emergência e o programa A Bíblia e a Paz, tendo esse último o objetivo de combater as causas da violência, fundamentado na promoção de uma cultura de paz
 por meio da divulgação da mensagem e dos valores bíblicos. O público alvo é formado por detentos, dependentes químicos e seus familiares, além de comunidades em situação de risco social. Dentro do programa A Bíblia e a Paz, são desenvolvidos dois importantes projetos: A Bíblia no Cárcere e A Bíblia na Recuperação da Dependência.
Poderia, Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados e demais convidados, ficar aqui horas falando de todos os programas sociais desenvolvidos e mantidos pela Sociedade Bíblica do Brasil, mas quero fazer hoje um destaque especial ao programa A Bíblia para Pessoa com Deficiência, que tem por objetivos promover a inclusão social, facilitar o desenvolvimento cultural, oferecer apoio espiritual, estimular a alfabetização e promover a integração da pessoa com deficiência à vida comunitária. Para isso, conta com dois projetos: A Bíblia para Pessoas com Deficiência Visual e A Bíblia para Pessoas com Deficiência Auditiva, e tem como principais atividades a distribuição gratuita de literatura bíblica em áudio ou braile, e a distribuição gratuita de literatura bíblica em Libras, Língua Brasileira de Sinais.
Assim, como os senhores viram, são muitos os motivos que esta Casa tem para homenagear a Sociedade Bíblica do Brasil. O marco dos 100 milhões de Bíblias impressas no País é apenas um deles.
Por essas e por todas as outras razões, parabenizo a Sociedade Bíblica do Brasil. E que viva a Bíblia Sagrada, que é a Palavra de Deus, a fonte de todos os saberes e luz para nosso caminho.
Era o que tinha a dizer, Sr. Presidente, senhoras e senhores.
Muito obrigado e que Deus abençoe o Brasil.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações