Deputado discursa sobre situação de calamidade nas cidades do Vale do Ribeira atingidas pela cheia do rio

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, ocupo a Tribuna nesta tarde para manifestar minha solidariedade ao  povo querido do Vale do Ribeira que nos últimos dias vem sofrendo com as fortes enchentes que atingiram a região em especial as cidades de Eldorado, Sete Barras e Registro, deixando um rastro de destruição, tristeza e desespero.

Estive,  Senhor Presidente,  no último final de semana visitando a região e de lá voltei comovido com o que vi e com que ouvi,  tendo assim  assumido o compromisso de não medir esforços para ajudar a  população da região a enfrentar este momento de tanta dor e dificuldade. O Território Vale Do Ribeira,  porta de entrada para o Estado de São Paulo para quem sai do Paraná, abrange uma área de 18.112,80 Km² e é composto por25 municípios: Ilha Comprida, Apiaí, Barra do Chapéu, Barra do Turvo, Eldorado, Itapirapuã Paulista, Miracatu, Ribeira,  Ribeirão Branco, São Lourenço da Serra,Tapiraí, Cajati, Cananéia, Iguape, Iporanga,  Itaóca, Itariri, Jacupiranga, Juquiá, Juquitiba, Pariquera-Açu, Pedro de Toledo, Peruíbe, Registro e Sete Barras. A população total do território é de  443.325 habitantes, dos quais 114.995vivem na área rural, o que corresponde a 25,94% do total. A economia principal é baseada na agricultura familiar especialmente na monocultura da banana.

O Vale do Ribeira é para São Paulo o que a Amazônia é para o Brasil. Antes mesmo da existência de uma legislação  específica ou de ser moda se falar em preservação ambiental, a população do Vale do Ribeira, com muita sabedoria, ao longo dos anos, cuidou do patrimônio natural com tamanho zelo dando exemplo para o Brasil e para  o mundo. É uma região de enorme riqueza natural, mas marcada pela pobreza e que ficará agora mais pobre ainda depois deste grande desastre natural.Os prejuízos causados pela enchente são incalculáveis. Só a cidade de Eldorado, com cerca de 14 mil habitantes, contabiliza mais de 8 mil desabrigados,ou seja, mais de 50% da população foi atingida.

A exemplo de Edorado, as cidades de Registro e Sete Barras já declararam estado de calamidade e para elas chamo  a atenção das autoridades estaduais e federais. Urge a necessidade de um olhar  diferenciado para  aquela região neste momento. Necessário que medidas emergências sejam tomadas, entre elas a anistia das dividas de financiamentos dos  pequenos agricultores da região que perderam suas plantações e a liberação imediata de recursos dos Ministérios da Cidade,  da Saúde e outros  para reoconstrução de áreas e atendimento a população desabrigada.

Ao povo do Vale do Ribeira minha solidariedade. Às autoridades meu apelo pelo socorro imediato aquela população.

Era o que tinha a dizer.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações