Projeto que regulamenta a profissão de comerciário é aprovado no Senado

Deputado Roberto de Lucena comemorou a aprovação do projeto, que agora segue para apreciação da Câmara dos Deputados

Em nome da Bancada do Partido Verde e da União Geral dos Trabalhadores (UGT), da qual é vice-presidente nacional, o deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) comemorou, nesta quinta-feira (16), a aprovação, no Senado, do projeto que regulamenta a profissão de comerciário no Brasil.

De acordo com o deputado Roberto de Lucena, a regulamentação fortalece os trabalhadores e suas representações sindicais, garante direitos e harmoniza a relação entre patrões e empregados. “A partir de agora vai ser possível classificar na carteira de trabalho as funções exercidas pelo profissional. Férias e horas extras também vão ser observadas. É, de fato, uma conquista histórica”, disse o deputado.

Roberto de Lucena está confiante de que o projeto passe pela Câmara. “Espero que esta Casa confirme essa importante decisão do Senado, beneficiando 12 milhões de trabalhadores brasileiros. A aprovação do projeto no Senado resgata uma dívida histórica com os trabalhadores do comércio e abre as portas para a regulamentação de outras profissões que também merecem o nosso respeito e a garantia de todos os direitos”, afirmou.

O parlamentar ainda destacou que a conquista representa o anseio da mais antiga categoria organizada do País, que, no entanto, ainda não era reconhecida como deveria. “Aproveito para cumprimentar, na pessoa do presidente do seu sindicato, o Sindicato dos Comerciários, e também Presidente da UGT, companheiro Ricardo Patah, pela importante vitória”, concluiu o deputado.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações