Comissão aprova projetos que criam o Dia da Igreja Metodista Wesleyana e o Dia da Igreja O Brasil Para Cristo

A Comissão de Cultura aprovou dois projetos de lei de autoria do deputado Roberto de Lucena (PV-SP) em 23/04. Trata-se do PL 4810/2012, que institui o dia 24 de maio como o Dia Nacional do Metodismo Wesleyano, e o PL 4811/2012, que institui o dia 3 de março como o Dia Nacional da Igreja O Brasil Para Cristo.

Ambas as propostas têm como objetivo homenagear estas instituições evangélicas que ao longo de sua história deram sua contribuição para o País por meio de projetos sociais.

 

Igreja Metodista Wesleyana

Em 24 de maio, todos os anos, no Brasil e em diversos países, cristãos evangélicos comemoram o “Dia do Coração Aquecido” que celebra uma especial experiência de fé vivenciada em 1738 por John Wesley, em Londres, que mudaria não apenas a sua própria vida, mas a de milhões de pessoas em todo o mundo.

No Brasil, muitos seguem os ensinamentos e o exemplo de John Wesley, vivem para servir a todos, sendo solidários aos pobres, oprimidos, marginalizados e discriminados; um povo que se dedica a propagar o amor entre os homens e que assumiu um compromisso, enquanto família wesleyana, de em terras brasileiras pregarem o evangelho transformador, denunciando e buscando a erradicação de tudo que gera injustiça e morte.

O PL, que tem como proposta reconhecer esta denominação evangélica que tanta contribui com seu País, agora segue para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

Igreja O Brasil Para Cristo
Fundada em 3 de março de 1956 pelo missionário Manoel de Melo e Silva, a Instituição – que começou como um movimento itinerante de evangelismo – quebrou paradigmas religiosos, enfrentou a censura do regime militar e por fim se notabilizou como uma das maiores denominações evangélicas do país.

Tudo começou em 1955, quando o Missionário Manoel de Melo – um pregador de apenas 26 anos – reuniu em sua casa cerca de 40 cristãos amigos a fim de compartilhar uma visão e passou a organizar um movimento de evangelização em toda a nação brasileira. Apesar dos muitos desafios enfrentados, o grupo empenhou esforços e em poucos dias passou a realizar celebrações em uma tenda improvisada em um bairro da capital paulista.

Em 3 de março de 1956, a instituição oficializou suas atividades evangelísticas sob a denominação Igreja Evangélica Pentecostal, tendo o seu lema “O Brasil para Cristo” incorporado ao nome oficial em 1974
Hoje são mais de quatro mil congregações em plena atividade no Brasil, com mais de 2.500 igrejas, aproximadamente 1 milhão de membros frequentadores e uma abrangente malha de serviços assistenciais, como, por exemplo, centros de recuperação para dependentes químicos.

O projeto que dedica um dia do calendário nacional a esta representativa denominação agora segue para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações