Câmara dos Deputados vai instalar Frente Parlamentar da Luta Contra a Endometriose

Está marcada para o próximo dia 27 de agosto, na Câmara dos Deputados, a instalação da Frente Parlamentar da Luta Contra a Endometriose. Presidida pelo deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP), a frente quer trazer para o Congresso Nacional o debate sobre a falta de políticas publicas de saúde para o tratamento, no Brasil, da doença que causa a infertilidade na mulher.

De acordo com o deputado, que realizou uma audiência pública para discutir a doença, em junho passado, o trabalho da Frente é mais uma iniciativa para gerar a conscientização sobre o impacto da endometriose na sociedade como um todo. “Nosso objetivo será promover alianças estratégicas entre pacientes, médicos, cientistas e legisladores para que, juntos, possamos encontrar uma maneira justa de oferecer um diagnóstico e um tratamento digno e adequado às brasileiras”, explica.

Na luta contra a endometriose também estarão a deputada Sandra Rosado (PSB/RN), vice-presidente da Frente Parlamentar; o deputado Alexandre Roso (PSB/RS), 2º vice-presidente; o deputado Antonio Brito (PTB/BA), 3º vice-presidente; e a deputada Carmem Zanotto (PPS/SC) que será a primeira secretária.

Para a deputada Sandra Rosado, que tem a saúde da mulher como uma das principais bandeiras de sua atuação parlamentar na Câmara dos Deputados, outro objetivo da Frente Parlamentar será a busca de soluções para que as brasileiras tenham mais acesso ao diagnóstico e ao tratamento correto da endometriose. De acordo com vários estudos, a endometriose acomete mulheres a partir da primeira menstruação e pode se estender até a última e, infelizmente, o diagnóstico não costuma ser tão rápido por falta de informação e acesso aos serviços de saúde. “O que se torna um problema para as mulheres”, lamenta a deputada.

Roberto de Lucena enfatiza que uma das principais metas da Frente Parlamentar será fazer com que o sistema único de Saúde ofereça tratamento digno às portadoras da doença. “Hoje, temos informações de que o SUS não está preparado para diagnosticar rapidamente e atender a portadora de endometriose”, lamenta.

 

Seminário

No próximo dia 27, além do lançamento da Frente Parlamentar da Luta Contra a Endometriose, haverá também o seminário “O que é a Endometriose”, que será coordenado pela deputada Sandra Rosado. Na medicina, a endometriose é definida como a presença, fora do útero, de tecido semelhante ao endométrio, causando uma reação crônica e inflamatória e está associada à dor, subfertilidade e qualidade de vida prejudicada. Essa condição é encontrada, principalmente, em mulheres em idade reprodutiva, de todos os grupos étnicos e sociais.

A endometriose é responsável por 40% dos casos de infertilidade no Brasil, mas apenas um terço das brasileiras associa a doença à dificuldade de engravidar, segundo pesquisa da Sociedade Brasileira de Endometriose e Ginecologia Minimamente Invasiva (SBE). O levantamento, feito com cinco mil mulheres com mais de 18 anos, no país, revelou ainda que 88% não sabem como tratar o problema e que 55% não sabem sequer o que é a doença.

Para debater, durante o seminário, as características clínicas, como sintomas, diagnósticos e o tratamento da doença; os aspectos sociais e econômicos da endometriose, bem como a formação do médico cirurgião, estão confirmadas as presenças do presidente da Sociedade Brasileira de Endometriose e Ginecologia Minimamente Invasiva (SBE), Professor/Doutor Maurício S. Abrão; do Supervisor do Programa de Residência Médica em Reprodução Humana do Hospital Regional da Asa Sul do Distrito Federal, Professor/Doutor Frederico José Silva Corrêa; do Doutor em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo;  Doutor Alysson Zanatta; e do  Diretor do Núcleo de Endoscopia Ginecológica e Endometriose do Centro de Referência da Saúde da Mulher – Hospital Pérola Byington (SP), Doutor Luciano Gibran.

 

Câmara dos Deputados vai instalar Frente Parlamentar da Luta Contra a Endometriose

 

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações