Podemos estar diante de um caso provocado por bullying escolar? Se estivermos, isso coloca o tema dentre os mais urgentes. Trata-se de ex-aluno que estudou por 5 anos numa escola municipal e que, na hipótese de ter sofrido o bullying, teve uma reação tardia e voltou, finalmente, aos 24 anos de idade, para despejar o seu trauma em forma de violência sem tamanho e grotesca. É uma possibilidade.

Estamos organizando aqui na Casa uma frente parlamentar que se propõe exatamente a debater esse tema e buscar saídas, seja na forma de legislação, seja na forma de políticas públicas de combate ao bullying escolar.

Mas chama a atenção também, Sr. Presidente, a existência de outros componentes envolvidos nessa barbárie. Há perguntas que precisam ser respondidas e dúvidas a serem esclarecidas e que são muito sérias.

Será esse um fato isolado ou haverá conexões com uma cultura do terror que supostamente se instala no País, conforme denuncias da revista Veja e de outros órgãos da imprensa?

Sr. Presidente, oportunamente voltarei a abordar esse tema nessa perspectiva. Hoje quero apenas externar, não somente em meu nome, mas também em nome da bancada do Partido Verde, na Câmara dos Deputados, o nosso sentimento de pesar e de solidariedade aos familiares das crianças que foram mortas e das que estão feridas e ao povo do Estado do Rio de Janeiro.

Faço público o meu lamento de que uma escola, que é um santuário, um local onde se constroem sonhos, tenha sido violada e transformada num palco de pesadelos, onde a vida de pequenos brasileiros foi ceifada.

Não há palavras agora que possamos usar para preencher o vazio e a dor que nos toma. Resta-nos apenas pedir ao grande Deus que dê às famílias das vítimas o conforto necessário, bem como a toda sociedade brasileira, pois a dor é de todos nós.

O Brasil está de luto. Nossas crianças estão tristes; os pais de todo o Brasil, assustados; a sociedade, apavorada; e não temos respostas.

Que episódios e tragédias como essas nunca mais venham a se abater sobre as nossas famílias.

Envio aos pais, irmãos, parentes e amigos das vítimas, bem como a todos os professores e profissionais daquela escola, o abraço especial de toda a bancada do Partido Verde e a nossa solidariedade.

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Receba nossas Informações