fbpx

Sessão Solene na Câmara dos Deputados homenageou o dia Internacional da pessoa idosa

Por requerimento do Deputado Federal Roberto de Lucena – Podemos/SP, a Câmara dos Deputados realizou, nesta quarta-feira 7, sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Pessoa Idosa e dos 15 anos do Estatuto do Idoso. A solenidade compartilhada com deputados Gilberto Nascimento e Vitor Paulo celebrou também os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Neste ano de 2018, o Estatuto completa 15 anos, traz garantias prioritárias aos idosos, até aspectos relativos ao transporte, passando pelos direitos à liberdade, à respeitabilidade e à vida, e questões referentes à educação, cultura, esporte e lazer, dos direitos à saúde através do SUS, da garantia ao alimento, da profissionalização e do trabalho, da previdência social, dos crimes contra eles e da habitação, tanto em ações por parte do Estado, como da sociedade. “Hoje o idoso vive mais. Conquistamos significativo aumento de expectativa de vida. Nosso desafio agora é permitir que esse aumento de expectativa de vida seja acompanhada por boa qualidade de vida”, afirmou Roberto de Lucena.

Presente no evento, o secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, Rogério Ulson aproveitou a ocasião para fazer agradecimentos. “Eu quero, principalmente, agradecer a esta Casa que tanto nos apoiou e nos ajudou. Que Deus abençoe o nosso trabalho e proteja as pessoas idosas”, disse.

Ao ocupar a tribuna, a Dra. Maria do Socorro Medeiros, primeira secretária Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa fez um apelo para que os parlamentares aprovem a Lei 2834/15. “Hoje a minha palavra é de esperança, mas aproveito para fazer um apelo aos parlamentares dessa casa para a aprovação da Lei que que permitirá destinação  de parte do imposto de renda no ato da declaração para o fundo da pessoa idosa igualando assim, ao fundo da criança e do adolescente”, pediu.

A solenidade que lotou o plenário Ulysses Guimarães da Câmara dos Deputados contou ainda com o coral “Dos Mais Vividos do Sesc da 913 Sul”, em Brasília.

Roberto de Lucena foi o primeiro Deputado Federal a presidir a Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa na Câmara dos Deputados no ano de 2016. O Congressista também defendeu, com sucesso, junto ao Governo Federal, a instituição e organização da Secretaria Nacional de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa, a qual coube formular ações de interesse que garantam o envelhecimento saudável e ativo.

Assessoria deputado federal Roberto de Lucena