fbpx

Para buscar potencializar ações de fiscalização da CFFC, deputado Roberto de Lucena se reúne com presidente do TCU

Com o objetivo de que a parceria entre a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados (CFFC) e o Tribunal de Contas da União (TCU) resulte numa maior fluidez, em um ano em que a agenda de trabalho será pressionada pelo calendário eleitoral, o deputado federal Roberto de Lucena – Podemos/SP, se reuniu, na manhã de hoje, 19, com o ministro presidente do órgão, Raimundo Carreiro.

Na visita de cortesia realizada ao TCU, Roberto de Lucena se disse otimista e com grande  expectativa em relação ao trabalho da Comissão. “Estamos empenhados para potencializar as nossas ações na CFFC, apesar de ser um ano atípico devido às eleições. Em nome da Comissão, venho colocar toda a nossa disposição para que a nossa parceria com o TCU se aprofunde e nos permita discutir procedimentos e instrumentos para o desenvolvimento de um trabalho efetivo”, garantiu.

Lucena também reforçou o convite ao presidente do TCU para ir à Comissão para sua manifestação aos integrantes da mesma. “Presidente, exatamente por nós termos o calendário apertado esse ano, precisamos ser muito pontuais nas nossas ações. Por isso seria uma satisfação muito grande recebê-lo também em nossa comissão”, disse.

Raimundo Carreiro se mostrou solicito e se dispôs a cooperar dentro das competências do TCU. “É um prazer poder contribuir para o bom andamento dos trabalhos da comissão, uma vez que fiz parte do quadro de servidores do Congresso por quase quarenta anos. O histórico de criação da Comissão que o senhor foi eleito presidente, foi de muita festa quando criada, na década de 80”, lembrou.

O presidente do TCU lembrou que de todas as Comissões, a CFFC é a que tem maior ligação com o TCU.  Uma ligação umbilical. “Entre todas as comissões, a sua é a que tem o cordão umbilical mais ligado com o TCU e nós estamos aqui à disposição.” se comprometeu.

O deputado frisou ainda que a comissão deve ter um papel importante na prevenção e não apenas na fiscalização. “Nós queremos que a atuação da CFFC não se prenda à fiscalização, mas para além disso, que desenvolvamos ações de prevenção à corrupção e a erros que podem ser evitados na administração pública federal. Temos a intenção de oferecer, na próxima semana, juntamente ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, um projeto para que a Comissão tenha o seu portal de denúncia com o intuito de facilitar o contato do cidadão de todos os municípios do Brasil que queira fazer interlocução com o Congresso”, explicou.

 

Comissão de Fiscalização Financeira e Controle soma esforços com Juristas no enfrentamento à Corrupção