fbpx

“Não à corrupção e à anistia do caixa 2! Sim a um Brasil mais justo e sério!”, afirma Roberto de Lucena

editadaimg_3770“Vamos votar o relatório apresentado pelo deputado Onyx Lorenzoni e aprovado pela Comissão Especial das 10 Medidas Contra a Corrupção sem interferências, na forma de substitutivos, que o transfigurem. Não à corrupção! Não à anistia do caixa 2! Sim a um Brasil mais justo e sério!”, enfatizou o deputado Roberto de Lucena, vice-líder do PV, durante a sessão plenária que discute o PL 4850/16.

Este projeto trata das 10 Medidas Contra a Corrupção propostas pelo Ministério Público Federal com o apoiamento de mais de 2,5 milhões de pessoas. Na Comissão Especial da Câmara, as medidas foram alteradas pelo relator, deputado Onyx Lorenzoni (DEM/RS) e se tornaram 17. Na noite de ontem, a Comissão aprovou a terceira versão do relatório com 12 medidas. O PL agora está em análise no Plenário.

Um suposto acordo foi divulgado entre os parlamentares, no intuito de incluir no pacote anticorrupção a anistia ao caixa dois eleitoral. “É um absurdo, que nos coloca mais uma vez na contramão da história e em rota de colisão com os verdadeiros interesses da República e os anseios da sociedade”, destaca Roberto de Lucena.

Outra medida polêmica é a que pune magistrados e desembargadores. “O Parlamento ultrapassa todos os limites e promove uma verdadeira caça às bruxas aos que investigam e aos que julgam casos de crimes de corrupção, como que colocando uma espada na cabeça de cada promotor ou juiz”, afirmou o vice-líder. A votação deste PL está prevista para a próxima terça-feira (29).

Texto: Izys Moreira – Assessoria de Imprensa
Foto: Genilson Frazão – ASCOM/PV