fbpx

Frente Parlamentar da Câmara dos Deputados lutará pelo envelhecimento ativo da pessoa idosa

Sob a coordenação do Deputado Federal Roberto de Lucena (Pode-SP), foi lançada nesta manhã, 12, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Integridade e Prioridade Absoluta da Pessoa Idosa. O colegiado formado por 236 deputados e seis senadores pretende orientar e promover o debate nacional do país sobre o Envelhecimento Ativo e Saudável.

Roberto de Lucena afirma que a Frente “Vai repercutir em todos os Estados do Brasil, em todas as Câmaras Municipais. Nós queremos fazer um diálogo com a sociedade, através das casas representantes e efetivamente incluir o tema na agenda do envelhecimento ativo e saudável no debate político”, disse.

O diretor da Secretaria Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano (SNPDH/MDS) Leonardo Milhomem, levou dados sobre o futuro da pessoa idosa e apresentou estratégia de fomento para que os municípios possam oferecer um país mais saudável para o envelhecimento da população brasileira.

A professora da Universidade Federal de Brasília que atua no programa “Universidade do envelhecer”, Eliana Fortes Gris fez apresentação do projeto e apresentou propostas para a ampliação, estímulo, cidadania e empoderamento da pessoa idosa.

O secretário da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI/MDH), Rogério Luiz Barbosa, destacou as agressões físicas e psicológicas sofridas pelos idosos, que de acordo com ele, parte, em sua maioria dos familiares. “Essa luta carece do envolvimento de toda sociedade”, disse.

O presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (CNDI), Bahij Amin Aur, lembrou que “é no Legislativo que temos que ter esperança, na manutenção dos direitos já adquiridos e na criação de novas leis que favoreçam o tão almejado envelhecimento ativo e saudável”, lembrou.

A secretária da Pessoa Idosa de Santa Catarina, Christina Barichello, palestrou sobre as boas práticas de sua cidade, que tem tornado a região referência no cuidado ao idoso.

O secretário Municipal da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos da Prefeitura do Rio de Janeiro, João Mendes, falou sobre a preocupação de sua secretaria com os idosos em situação de rua, segundo ele o número tem aumentado constantemente.

A secretaria adjunta da Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do DF, Joana Mellho, garantiu que a Frente Parlamentar “é um pontapé inicial para discutir políticas públicas e viralizar as boas práticas”, disse.

Lucena pontuou que “a Frente estará de braços dados com a Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (Cidoso), com a nossa Secretária Nacional de Promoção e Defesa da Pessoa Idosa e com todos os Conselhos Estaduais e Municipais de todo o país”, garantiu.

A presidente da Obra Social Santa Isabel, professora Dra. Irmã Tereza Diniz, recebeu flores como símbolo de homenagem pelo trabalho por ela desenvolvido pelos idosos do Brasil.

A Deputada Federal e vice-presidente da Frente, Leandre (PV/PR) destacou a iniciativa do Deputado Roberto de Lucena e avaliou que será a oportunidade de dar continuidade das ações públicas de valorização do idoso.

Roberto de Lucena foi o primeiro Deputado Federal a presidir a Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa na Câmara dos Deputados no ano de 2016. O Congressista também defendeu, com sucesso, junto ao Governo Federal, a instituição e organização da Secretaria Nacional de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa, a qual coube formular ações de interesse que garantam o envelhecimento saudável e ativo.

Veja aqui fotos do evento