fbpx

Comissão de Fiscalização Financeira e Controle solicitará presença de ministros para prestação de esclarecimentos de suas pastas

Na primeira reunião do ano, realizada na manhã de hoje, 18, sob a presidência do deputado federal Roberto de Lucena (Podemos/SP), a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) aprovou requerimento que trará diversos ministros de Estado, para esclarecimentos e prestação de contas de suas respectivas pastas.

De acordo com o presidente da CFFC, a primeira reunião foi muito importante para a construção de uma agenda que irá permitir o bom andamento dos trabalhos de fiscalização. “Começar os trabalhos estabelecendo uma agenda com a vinda de ministros é de extrema importância para otimização do tempo, principalmente em um ano eleitoral pressionando o calendário de atividades desta comissão”, garantiu.

Uma Audiência Pública para discutir os efeitos da privatização da ELETROBRÁS e a retomada de requerimentos já aprovados no ano de 2017 como a cobrança do adicional de bagagem pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), também foram aprovadas.

Na ocasião, Lucena destacou que mais que o trabalho de fiscalização, ele irá priorizar através de subcomissões, discussões para aperfeiçoar os instrumentos que possam contribuir para a transparência da gestão pública. “Não queremos que essa comissão se prenda apenas ao seu caráter fiscalizatório, mas que ela tenha ações de prevenção procurando discutir, formular a apresentar propostas à Câmara dos Deputados para o aperfeiçoamento de instrumentos que possam contribuir para uma maior transparência no acompanhamento das ações e aplicações dos recursos públicos federais”, afirmou.

O deputado federal, Roberto de Lucena, foi eleito, por unanimidade, para a CFFC no ano 2018, substituindo o deputado Wilson Filho (PTB – PB).