fbpx

Alckmin garante a Lucena que duplicação da Mogi-Dutra iniciará em fevereiro

Alckmin2

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, garantiu ao deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) que as obras de duplicação da SP-88, a Rodovia Mogi-Dutra, vão começar a partir de fevereiro. O encontro ocorreu, nesta quarta-feira (11), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

A abertura do envelope da licitação estava prevista para o 3 de janeiro, no entanto o Tribunal de Contas do Estado (TCE) aceitou a interposição do recurso de umas das empresas participantes do processo licitatório. “O governador afirmou que este problema já foi resolvido e que a licitação foi concluída, possibilitando o início das obras no próximo mês”, explica o parlamentar.

O projeto executivo de duplicação da Mogi-Dutra, administrada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), contempla o trecho entre Arujá, no entroncamento com a Rodovia Alberto Hinoto (SP-056), até o município de Mogi das Cruzes. As obras serão financiadas pelo Banco Mundial (BIRD) e estão orçadas em R$ 174 milhões, com prazo de execução de 24 meses, após a assinatura do contrato.

“Essa obra é muito importante para todo o Alto Tietê, pois trará mais segurança e agilidade a cerca de 50 mil veículos que transitam pelo trecho diariamente. Mesmo com todas as dificuldades pelas quais passa o Brasil e o Estado de São Paulo, o governo continua trabalhando, investindo, avançando”, destaca Roberto de Lucena. O pacote de obras inclui a duplicação da pista, com implantação de barreiras de concreto, do km 32 ao km 39,4, dispositivos para acesso e retorno, construção de três passarelas, retificação de curva acentuada no km 36 e melhorias na sinalização.

Além das benfeitorias na pista, um posto de pesagem será implantado no km 37. O objetivo é melhorar a fiscalização de peso na região, contribuindo para o aumento na segurança viária.